quarta-feira, 17 de abril de 2013

EAM CEARÁ Reencontro após 40 anos



Turma se reencontra na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará após 40 anos de formatura


Após 40 anos de formatura, cerca de 80 alunos da turma “Kilo” de 1973, da Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará (EAMCE), realizaram uma cerimônia no dia 15 de março, com o intuito de se reencontrarem. A solenidade foi presidida pelo Comandante da EAMCE, Capitão-de-Fragata Marcelo Gurgel de Souza, e contou com a presença do Capitão dos Portos do Ceará, Capitão-de-Mar-e-Guerra Adauto Braz da Silva Júnior. O evento foi organizado pelos próprios ex-alunos.
Durante a cerimônia, o Capitão-de-Mar-e-Guerra (RM1–T) Francisco José Souza Gouveia – Orador da Turma – proferiu uma mensagem para todos os presentes e em seguida descerrou a placa da turma no prédio do departamento escolar. Logo após todos se confraternizaram em um café da manhã servido no auditório da Escola e ocorreu uma celebração religiosa ministrada pelo Capitão-Tenente (CN) Gelcimar Antônio de Carvalho e por três pastores evangélicos: Capitão-de-Fragata (RM1–T) José Orcélio de Almeida Amâncio, Manoel Joaquim Filho e Francisco Assis Morais Leite Filho.
Segundo o ex-Aprendiz-Marinheiro Francisco Tarcísio Almeida de Araújo, “me desliguei da Marinha em 1978, ainda Marinheiro, por motivos familiares. Procurei a realização profissional no âmbito civil, e hoje sou Juiz Titular da 7ª Vara do Trabalho de São Luis, no Maranhão. No entanto, carrego comigo até hoje a formação moral, cívica e ética adquirida na Escola de formação dos homens do mar”.
Para Mateus Machado de Albuquerque, transferido para a Reserva Remunerada da Marinha no ano de 2000, na graduação de SO-ES, “minha vida foi pautada em princípios adquiridos durante a carreira Marinheira e a educação familiar”. Declarou ainda que a felicidade que o evento trouxe para ele foi imensa e que teve uma dimensão grandiosa, pois conseguiu mobilizar ex-alunos residentes em vários estados do Brasil.
Pedro Mariano Lemos da Silva disse que buscou, após a reserva em 2001, tornar-se um Oficial de Máquinas da Marinha Mercante e que atualmente trabalha na Vale do Rio Doce, no Maranhão. “Para mim, este evento de comemoração dos 40 anos da turma Kilo está sendo uma das maiores felicidades da minha vida”.

Nenhum comentário: