quinta-feira, 29 de junho de 2017

Agripino diz que apresentará projeto para aumentar vagas no serviço militar

Mariana Di Pietro
Principal objetivo, segundo o senador, é contribuir para geração de emprego e renda
Durante audiência na Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, nesta quinta-feira (29), com a presença do ministro da Defesa, Raul Jungmann, o senador José Agripino (RN) disse que vai apresentar um projeto de lei para ampliar a quantidade de vagas no serviço militar obrigatório. O principal objetivo, segundo o senador, é dar aos jovens, especialmente aos mais necessitados, uma chance de trabalho, ocupação e renda.
Na reunião da CRE, Agripino apresentou dados do governo federal de 2017 que mostram 1,8 milhão de jovens se apresentando ao alistamento para 100 mil vagas disponíveis nas Forças Armadas. 
“Acredito que ampliar o número de vagas no serviço militar contribui não somente para a segurança do país como incute no jovem a questão da disciplina, da organização, que ele levará para a vida toda. Além, claro, de que a proposta gera emprego e renda, principalmente para os jovens que mais precisam, e os tira de uma situação de vulnerabilidade”, frisou o senador, que também é presidente nacional do Democratas.
O senador democrata perguntou ao ministro da Defesa se o projeto seria bem recebido pelo governo. Jungmann elogiou a iniciativa do senador e afirmou que era preciso discutir, apenas, a viabilidade orçamentária.
Para debater mais a fundo os moldes do projeto de lei a fim de aumentar sua chance de aprovação, o presidente do DEM disse que vai marcar nas próximas semanas reuniões com autoridades do Executivo Federal para debater a iniciativa.
Atualmente, o alistamento militar é obrigatório para jovens do sexo masculino que completam 18 anos. Se selecionados, eles escolhem sua preferência para cumprir o serviço militar – que dura entre 12 e 18 meses - na Marinha, Exército ou Aeronáutica.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Os dias eram assim; 3º Sargento Mário Kozel Filho: herói recebe justa homenagem

Publicação: Ter, 27 Jun 2017 13:51:00 -0300

São Paulo (SP) – No dia 26 de junho, foi realizada, pelo Comando Militar do Sudeste (CMSE), a solenidade em homenagem ao Terceiro-Sargento Mário Kozel Filho, morto em um atentado no Quartel-General do Ibirapuera, há exatos 49 anos. A cerimônia ocorreu no pátio de formaturas que leva o nome do próprio homenageado.

Durante o momento solene, foi depositada uma corbelha de flores no busto do Sargento Kozel, ao som do clarim executando o toque de "Silêncio".
Estiveram presentes o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército João Camilo Pires de Campos; o Comandante da 2ª Região Militar, General de Divisão Adalmir Manoel Domingos; o Chefe do Estado-Maior do CMSE, General de Brigada Ricardo Miranda Aversa; e a Sra. Suzana Kozel Varela, irmã de Mário Kozel Filho.

O Atentado
Em 26 de junho de 1968, a 49 anos atrás, às 4 horas e 45 minutos da manhã, um veículo aproximou-se da entrada do aquartelamento e foi lançado em direção ao Quartel-General. Mesmo com o motorista o tendo abandonado, o veículo avançou, desgovernado, ultrapassando os limites do portão da guarda do quartel, capotou e bateu contra a parede do edifício.
Os sentinelas deram o alarme, buscando reagir à ameaça. Um dos soldados, acreditando que havia alguém ferido dentro do veículo, aproximou-se, momento em que foi atingido por uma forte explosão, que destruiu parte do prédio, atingindo, também, aqueles que se encontravam nas imediações.
Tratava-se de um atentado. O veículo estava carregado de explosivos. Cinco soldados da guarda foram atingidos, dos quais um foi ferido mortalmente: o Soldado nº 1803, Mário Kozel Filho, do então 4° Regimento de Infantaria, hoje 4° Batalhão de Infantaria Leve.
Pouco mais de seis meses antes, o Soldado Kozel fora incorporado às fileiras do Exército Brasileiro. Após seu falecimento e, devido às circunstâncias de seu assassinato, foi promovido à graduação de Terceiro-Sargento.
Fonte: CMSE
Fonte: Noticiário do Exército/Montedo

terça-feira, 27 de junho de 2017

Globo dá ultimato para que Fabio Assunção trate dependência química

Emissora não quer seu nome vinculado a escândalos (Globo/ Cesar Alves)

Após ser detido e autuado por resistência à prisão, desacato e dano ao patrimônio público durante uma briga na madrugada do último sábado (24) na cidade de Arcoverde, em Pernambuco, Fabio Assunção recebeu um ultimato da Globo. Para permanecer trabalhando na emissora, o ator terá que iniciar um tratamento para controlar o consumo de álcool e drogas ilícitas.

Segundo o colunista Léo Dias, do jornal “O Dia”, a emissora não quer ter seu nome envolvido em novos escândalos como o que ocorreu no último final de semana e por isso colocou o tratamento como condição para manter o contrato com Fabio Assunção. Vale lembrar que essa não é a primeira vez que a Globo oferece ao ator assistência para o tratamento de sua dependência química.

No Instagram, após o incidente em Pernambuco, Fabio Assunção pediu desculpas e garantiu que não estava sob efeito de drogas. “Errei ao me exceder. Não fiz uso de nenhuma droga ilícita – o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito. Serei responsável pelos danos causados. Agora estou bem. Peço a todos sinceras desculpas. Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo”, escreveu ele.

25º Contingente do GptOpFuzNav-Haiti é desativado no RJ

Comandante do 25º GptOpFuzNav-Haiti apresenta os militares durante a cerimônia

Foi realizada, no dia 22 de junho, a cerimônia de Desativação do 25° Contingente do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais – Haiti (GptOpFuzNav-Haiti), na sede do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra (ComFFE), em Duque de Caxias (RJ).
Durante a solenidade, os militares realizaram a troca do gorro azul, símbolo dos Mantenedores da Paz das Organizações das Nações Unidas (ONU), pelo gorro camuflado, ato que marca oficialmente o retorno da tropa ao Brasil. Ao final da cerimônia, após passar em revista à tropa, o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, que presidiu o evento, dirigiu-se aos militares do contingente, destacando a importância da missão para a Marinha do Brasil e para o Corpo de Fuzileiros Navais. Este foi o penúltimo destacamento dos Fuzileiros Navais no Haiti após 13 anos de serviços prestados à ONU.
Panorâmica do Grupamento formado em frente à sede do ComFFE

Atropelando a Lingua



sábado, 24 de junho de 2017

Sinto Vergonha de Mim...

De tanto ver triunfar as nulidades;
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça.
De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar-se da virtude,
a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.
Rui Barbosa
Parece até que era vidente, enxergava muitos anos à frente.
Que VERGONHA... Mas, ainda acredito no sistema, ainda tem um pouquinho de luz no final do túnel...!!! Firmeza MORO!!!


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Golpe que oferece cupom de R$ 100 do Uber já atingiu mais de 40 mil pessoas

Futura Press
SÃO PAULO – O aplicativo de transporte Uber tem sido usado como isca para a propagação de um novo golpe, segundo a Eset, fabricante de softwares de segurança. O golpe teve início no último sábado (17) com uma campanha de phishing – tentativa maliciosa de obter acesso à conta do usuário ou gravar informações pessoais ao levar a pessoa a inserir informações confidenciais em um site falso.
A vítima recebe uma mensagem em seu celular informando que ganhou um crédito de R$ 100 em viagens no Uber e, ao clicar no botão, é redirecionada para uma página de cadastro com layout semelhante ao do Uber. São solicitados dados pessoais como nome, CPF, telefone e cartão de crédito.
Ao completar as informações, um pop-up confirmando o “sucesso no cadastro” é apresentado e a vítima é redirecionada para a página oficial de login do Uber. Segundo a Eset, até a noite de terça-feira (19), mais de 40 mil pessoas haviam clicado no link.
Fonte: YAHOO

quarta-feira, 21 de junho de 2017

PORTA-AVIÕES NORTE-AMERICANO MANOBRA EM ALTA VELOCIDADE (VÍDEO)

POR GRAAN · PUBLISHED 20/06/2017 · UPDATED 20/06/2017
Se você pensa que navio de guerra não gira rápido, esse vídeo te deixará boquiaberto.

O porta-aviões nuclear USS Abraham Lincoln (CVN-72) da Marinha dos EUA, durante “testes de mar” no oceano Atlântico, realizou uma manobra de giros em alta velocidade*, geralmente chamada de drifting (derrapando nas curvas) e usada por carros de corrida.
Depois de uma longa reparação, o navio começou os exercícios no início de maio. Não obstante, o vídeo com as manobras foi publicado recentemente na Internet.

Os giros em alta velocidade são realizados para testar a agilidade e estabilidade do navio após a reparação.
Fonte: Sputnik News
*Guinadas para bombordo e boreste.

Desconto para a Família Naval no AquaRio

- O Instituto Rumo ao Mar (RUMAR), com o apoio do Centro de Comunicação Social da Marinha (CCSM) iniciou, em 2017, um projeto de difusão da mentalidade marítima tendo como parceiro o Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio).
No escopo da parceria estão incluídas visitas escolares e palestras, fomento ao desenvolvimento científico em assuntos ligados ao mar e aumento da aproximação da sociedade civil com a Marinha do Brasil (MB). A MB contará com um espaço para realização de exposições no AquaRio.
No contexto dessa parceria, foi autorizado um desconto no ingresso ao AquaRio para a Família Naval. Os militares e servidores civis (SC) da MB, devidamente identificados no momento da compra do ingresso na bilheteria, terão direito a um desconto de 50% sobre a tarifa cheia, que hoje é de R$ 80,00.

Adicionalmente, os militares e SC da MB também poderão adquirir ingressos para seus familiares, limitados a 3 unidades, ao custo de R$ 35,00 cada. Cabe ressaltar que esses ingressos não poderão ser comercializados e o direito de aquisição para os familiares só poderá ser exercido pelo militar ou SC no momento da compra do seu ingresso individual. Os ingressos deverão ser utilizados no mesmo dia.
CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA.
Nota de BONO do dia 21/JUN/2017

Lançamento do Site Navega Reserva

     Encontra-se disponível no portal da Marinha na Internet, no menu “Institucional” (lado esquerdo da página), o link para o site do NavegaReserv@, onde os militares da Reserva e Reformados poderão ter acesso a dados de seu interesse e a oportunidade de apresentar suas perguntas/sugestões para a Força.
     O NavegaReserv@ tem como propósito concentrar, em um único endereço, os principais assuntos de interesse da reserva naval, disponibilizando conteúdos ostensivos, tais como Mensagens do Comandante da Marinha, Periódicos, Publicações oficiais e Fotos Históricas, além de links úteis, como os que permitem o acesso à consulta ao bilhete de pagamento (BP ON-LINE), Saúde Naval, Hotéis de Trânsito da MB, Balcão Naval Online, Portal de Consignações do Militar, Guia Rápido da Pensão Militar e links para páginas de Internet como a da SOAMAR BRASIL.
     Também está disponível na página uma área dedicada a perguntas/sugestões, que serão respondidas em tempo hábil (acessado no banner localizado na parte inferior, somente por meio de cadastramento). Abaixo desse banner encontram-se as instruções para acesso à área de perguntas/sugestões.
     Para maiores informações: CT (AA) Pinheiro - telefone (61) 3429-1707.
     CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA

terça-feira, 20 de junho de 2017

Homem com 24 dedos - Vale a pena rever

Yoandri Hernández, orgulhoso de seus 24 dedos

Ele é chamado de "Vinte e quatro", um apelido que o cubano Yoandri Hernández Garrido ostenta com orgulho porque indica uma particularidade que, além de o distinguir dos demais, facilita seu ganha pão. Hernández possui seis dedos perfeitamente formados em cada mão e em cada pé. Os dedos a mais facilitam o trabalho deste cubano que ganha a vida colhendo coco, e também garantem uma renda extra ao fazer fotos com turistas.
Fonte:  noticias.yahoo

segunda-feira, 19 de junho de 2017

O pastor de ovelhas e a aposta do advogado

— O senhor tem 1.324 ovelhas e quatro podem estar grávidas.
— O senhor está certo. Pode levar a ovelha.
O cara pegou o bicho e levou-o para o carro. Quando estava saindo, o velho perguntou:
— Desculpe, mas se eu adivinhar sua profissão, o senhor me devolve a ovelha? Duvidando que acertasse, o cara concorda e o velhinho foi taxativo:
— O senhor é advogado.
— Incrível! Como adivinhou?
— Quatro razões: primeiro, pela frescura; segundo, veio sem que eu o chamasse; terceiro, me cobrou para dizer algo que já sei. E quarto, nota-se que não entende nada do que está falando. Devolva já o meu cachorro!
Do: Tudo por email.

domingo, 18 de junho de 2017

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Nota sobre palestra do SIPM no CBSM

Se liga Família Naval!
Palestra muito importante para todos nós, inclusive, os militares da ativa.
Serviço de Inativos e Pensionistas da Marinha (SIPM)

Saúde Naval - Orientação sobre medicamentos

Saúde Naval – É comum sair de uma consulta médica com uma receita em mãos. Os medicamentos fazem parte da prevenção e tratamento de doenças e devem ser usados exatamente conforme o pedido do médico. Ao sair de uma consulta em uma Unidade de Saúde da Marinha, procure um dos postos do Setor de Distribuição de Medicamentos (SeDiMe). No SeDiMe, você terá até 40% de desconto em relação aos preços praticados pelo mercado. 
Em todos os postos também é possível tirar dúvidas com o farmacêutico, que é o profissional mais adequado para dar orientações sobre medicamentos e como usá-los. 
No site do Saúde Naval, você encontra a relação dos medicamentos disponíveis no SeDiMe, assim como os endereços e telefones dos postos. Lembre-se sempre: não use medicamentos sem orientação profissional. www.saudenaval.mar.mil.br #SomosTodosFamiliaNaval.
Nota de BONO do dia 14/JUN/2017

Força Tarefa acha que Moro foi brando com Cabral e Adriana Ancelmo e vai recorrer



Claudio Tognolli,Yahoo Notícias
10/05/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- Esposa do ex-governador Sergio Cabral, Adriana Ancelmo, deixa a 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro após depoimento à Justiça Federal
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Força Tarefa da Lava Jato quer mais anos de xilindró para Sérgio Cabral e quer que sua mulher seja condenada na ação pela qual Sérgio Moro a absolveu hoje.
Eis o que este blog acaba de recebe da Força Tarefa:
“A publicação, nesta terça-feira, dia 13 de junho, de sentença condenatória na Ação Penal nº 5063271-36.2016.404.7000 demonstra o funcionamento célere e efetivo do Poder Judiciário e a a condução imparcial e responsável dos processos criminais da operação Lava Jato pela Justiça Federal.
Em relação à absolvição de Adriana de Lourdes Ancelmo e Mônica Araújo Macedo Carvalho, a força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR) irá apresentar recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, por entender que as provas produzidas demonstram que Adriana e Mônica participaram dos crimes cometidos de forma consciente.
Adriana Ancelmo é mulher de Sérgio Cabral. Já Mônica Araújo Macedo Carvalho se explica assim:
O ex-secretário de governo Wilson Carlos, apontado por delatores da Operação Lava Jato como ‘operador administrativo’ de Sérgio Cabral (PMDB), gastou R$ 1.646.526,95 no cartão de crédito entre 2007 e 2015, segundo relatório do Ministério Público Federal com dados da Receita Federal. Se somados R$ 459.266,20 das despesas da mulher de Wilson Carlos, o valor vai a R$ 2.105.793,15.
“O casal Wilson Carlos e Mônica Araújo gastou ao todo R$ 2.105.793,15, dando uma média de R$ 19.498,08 por mês. Chama a atenção o valor dos gastos com cartão de crédito pelo casal Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho e Mônica Araújo Macedo Carvalho, uma vez que sempre se aproximam da renda total declarada no Imposto de Renda de Pessoa Física, chegando muitas vezes a extrapolá-la”, afirmou a Procuradoria da República.
Do Yahoo Notícias. Clique AQUI e continue lendo.

terça-feira, 13 de junho de 2017

'É o discurso da desfaçatez, da falsidade, da mentira', diz senador José Medeiros

Veja este vídeo, vale a pena...!

Jungmann promete reajustar salário de militares das Forças Armadas

Segundo ministro da Defesa, objetivo é assegurar paridade salarial às carreiras de Estado.

POR GERALDA DOCA
O ministro da Defesa Raul Jungmann e o presidente Michel Temer - Evaristo Sá / AFP
     BRASÍLIA - O ministro da Defesa, Raul Jungmann disse em entrevista ao programa "Forças do Brasil" da rádio Nacional que o governo vai reajustar o salário dos militares das Forças Armadas, de forma a assegurar a esses servidores paridade salarial das demais carreiras de Estado. O aumento será escalonado, segundo o ministro. Os percentuais estão sendo discutidos entre a Defesa e a equipe econômica com a participação dos comandantes da Aeronáutica, Marinha e do Exército - como uma espécie de contrapartida à reforma da Previdência dos militares.
— Estaremos dando um salto em termos de carreira, em termos salariais e em termos de resgate do poder de compra dos militares no Brasil. Evidentemente, que será parcelado ao longo do tempo, mas vai voltar a colocar os militares em paridade com as demais carreiras de Estado que hoje ganham muito mais do que os nossos efetivos — disse o ministro.
Jungmann destacou que os salários dos militares estão defasados. Ele disse que o reajuste salarial virá acompanhado por uma ampla revisão da carreira nas Forças Armadas.
Do: oglobo.globo.com Continue lendo AQUI

Do blog: Será verdade? É melhor acreditar e torcer...!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

CGCFN promove 43º Encontro de Veteranos FNs

     No ano eleito pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) como ano da “Honra”, foi promovido no sábado, 20 de maio, o 43º Encontro de Veteranos, realizado no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), na Ilha do Governador-RJ. Presidido pelo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, o encontro tem como objetivo reunir as diversas gerações de fuzileiros navais.

     A cerimônia teve início com a apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais, que, ao som de dobrados e canções militares, realizou evoluções formando as figuras de uma âncora, de um timão e da sigla AVCFN. Na ocasião, uma homenagem foi prestada ao Primeiro-Tenente (Refº-FN) Cyrillo Ferreira Barbosa, Caverna Mestra presente à festa, com 100 anos 

     Como parte da programação, os convidados puderam visitar os mostruários de equipamentos e materiais, além de conhecer um pouco das atividades das Organizações Militares do CFN. As crianças contaram com uma programação especial, com brincadeiras e recreação infantil, participando, com os “Fuzileiros do Amanhã”, do desfile em continência ao ComGerCFN.
     Participaram do encontro representações das Seções Regionais Rio, Salvador, Natal, Recife, Brasília, Porto Alegre, Nova Friburgo, São Paulo, Belém, Florianópolis e Região dos Lagos da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais (AVCFN) e as Alas Femininas da AVCFN. Também prestigiaram o evento diversas autoridades, dentre elas o antigo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (Refº-FN) Marcelo Gaya Cardoso Tosta.
     A AVCFN - Criada em 4 de maio de 1972, a AVCFN é sediada na cidade do Rio de Janeiro e desenvolve suas atividades também por meio das Seções Regionais em Belém-PA, Brasília-DF, Natal-RN, Nova Friburgo-RJ, Recife-PE, Ladário-MS, Manaus-AM, Salvador-BA, São Paulo-SP, Porto Alegre-RS, Uruguaiana-RS, Florianópolis-SC, Curitiba-PR, Região dos Lagos-RJ, Itapemirim–ES, Magé-RJ e Fortaleza-CE. A AVCFN bem representa o lema do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo “Gerações de Fuzileiros Navais fortalecendo o espírito de corpo”.
Fonte: ComGerCFN
Fotos do blog do Lucena.

domingo, 11 de junho de 2017

Marinha comemora 152º ano da Batalha Naval do Riachuelo

Brasília, 09/06/2017 - Em cerimônia realizada no Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília, o presidente Michel Temer, juntamente com o ministro Raul Jungmann e demais autoridades das Forças Armadas, condecorou com a medalha da Ordem do Mérito Naval militares e civis que prestaram.

11 de junho - Data Magna da Marinha

A importância da Batalha Naval do Riachuelo na História do Brasil
A Batalha Naval do Riachuelo é considerada, pelos historiadores, como uma batalha decisiva da Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai (1865-1870) - o maior conflito militar na América do Sul, somente superado em vítimas, no Novo Mundo, pela Guerra Civil Americana (1861-1865). A importância da vitória nesta Batalha é que, até aquela data, o Paraguai tinha a iniciativa na guerra e ela inverteu a situação, garantiu o bloqueio e o uso pelo Brasil dos rios, que eram as principais artérias do teatro de operações de guerra. Desincentivou, também, possíveis adesões de simpatizantes argentinos e uruguaios à causa paraguaia.
Cenário político do país na ocasião
Cenário político do país na ocasião Logo após sua independência, o Paraguai procurou se manter afastado dos conflitos freqüentes que ocorriam na Região do Prata. Quando Francisco Solano López assumiu o poder em 1862, após a morte de seu pai, Carlos Antônio López, passou a exercer uma política externa mais atuante, tentando fazer sua presença sobressair na região.
O Brasil foi o primeiro país a reconhecer a independência do Paraguai. Isso estava de acordo com a política externa do Império de não ser favorável à sua anexação, diversas vezes desejada, pelas Províncias Unidas do Rio da Prata, futura Argentina.
Havia questões de limites entre o Brasil e o Paraguai, mas era improvável que isso levasse a um conflito armado. A intervenção brasileira no Uruguai, em 1864, no entanto, contrariou os planos políticos e as alianças de Solano López. Ele considerou que a invasão do Uruguai, por tropas brasileiras, era um ato de guerra do Brasil contra os interesses do Paraguai e iniciou as hostilidades. Como lhe foi negada a permissão para que seu exército atravessasse território argentino para atacar o Rio Grande do Sul, invadiu a Província de Corrientes, envolvendo a Argentina no conflito.
O Paraguai estava se mobilizando para uma possível guerra desde o início de 1864. López se julgava mais forte e acreditava que teria o apoio do Partido Blanco uruguaio e dos partidários argentinos de Justo José de Urquiza, que exercia o poder na província argentina de Entre Rios. Tal não ocorreu. Sua derrota em Riachuelo acabou com a possibilidade de uma vitória rápida. Seus possíveis aliados não aderiram. Ele, também, superestimou o poder econômico e militar do Paraguai e subestimou o potencial e a disposição do Brasil para a luta.
Fonte: Marinha do Brasil
Clique AQUI  e veja mais.

sábado, 10 de junho de 2017

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Nova emenda na Constituição libera vaquejada e rodeio em todo o país

     Foi publicada nesta quarta-feira (7/6) a Emenda Constitucional 96, que libera vaquejadas e rodeios em todo o território brasileiro. Sem citar expressamente essas práticas, o texto define que não se consideram cruéis modalidades desportivas com animais quando forem manifestações culturais registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro — a vaquejada e o rodeio já foram reconhecidos dessa forma pela Lei 13.364/2016, sancionada em novembro.
Segundo o dispositivo, essas atividades devem ser regulamentadas por lei específica que garanta o bem-estar dos animais envolvidos. A norma foi incluída no capítulo da Constituição Federal sobre o meio ambiente e já entra em vigor nesta quarta, um dia depois de promulgada pelo Congresso Nacional. Foi a primeira emenda publicada neste ano.
Em pronunciamento, o presidente do Senado e do Congresso, Eunício Oliveira (PMDB-CE), declarou que a vaquejada tem relevância cultural e econômica no Nordeste. A emenda, segundo ele, mantém cerca de 700 mil empregos só na região, sem contar as cidades do país que promovem rodeios.
Eunício diz que já apresentou projeto de lei para regulamentar a vaquejada, para dar aos animais o “tratamento especial que merecem”. O PLS 378/2016 está em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.
A proposta, que teve tramitação acelerada tanto no Senado quanto na Câmara, chegou a ter seu rito questionado no Supremo Tribunal Federal. Porém, o ministro Ricardo Lewandowski julgou inviável o mandado de segurança por entender que não compete ao Judiciário intervir em uma questão interna do Legislativo.
Decisão do STF
Em outubro do ano passado, o Supremo julgou inconstitucional uma lei do Ceará que regulamenta a prática das vaquejadas. A maioria do Plenário entendeu que a prática submete os animais à crueldade. Recentemente, a Procuradoria-Geral da República pediu que o STF julgue norma semelhante de Roraima. A ADI foi distribuída à ministra Rosa Weber.
Em dezembro, o ministro Teori Zavascki (morto em janeiro) negou pedido de uma associação de animais que queria proibir a vaquejada em uma festa no Piauí. Para ele, o Supremo decidiu que a lei cearense que regulamentava a prática era inconstitucional, mas isso não significa que essa manifestação esteja proibida no país.
A polêmica em torno da vaquejada se dá pela forma como os animais participam da festa. Um boi é puxado pelo rabo por um vaqueiro e deve correr entre dois cavalos em uma pista de areia até ser derrubado em uma área demarcada de 10 metros. De acordo com a Associação Brasileira de Vaquejada, a festa movimenta cerca de R$ 600 milhões e gera em torno de 700 mil empregos.
Fonte: Agência Senado/Agência Brasil

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Nota de Falecimento - Comandante (Ref A-FN) Silvino

     Com muita tristeza, cumpro o doloroso dever de publicar a Nota de Falecimento do Comandante Refo (A-FN) SILVINO Vieira de Mattos, ocorrido na noite de segunda para terça-feira, 5 para 6/JUN/2017 em sua residência no Rio de Janeiro.
     O sepultamento ocorreu hoje 7/JUN às 14h30min. no Cemitério Jardim da Saudade de Paciência.
     Ficam aqui registrados os sentimentos de pesar da Associação Esportiva Saco e Maca - AESM (popularmente “Saco Mucho”), Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais - AVCFN, em meu nome pessoal e de minha família aos familiares e amigos do saudoso Silvino, que o Bom Deus com sua infinita misericórdia acolha sua alma no Batalhão da Eternidade e conceda conforto aos seus familiares e amigos nessas horas de transição e dor.

     Segura na Mão de Deus e vai...!