sábado, 30 de janeiro de 2021

Marinha e GDF assinam Termo de Compromisso

Marinha do Brasil evoluindo a passos largos...!

Forças Armadas ultrapassam 800 horas de voo em apoio ao estado do Amazonas

    Publicado em 29/01/2021 17h29
   Brasília (DF), 29/01/2021 – Em apoio à crise no sistema de saúde pública no estado no Amazonas, a Força Aérea Brasileira (FAB) alcançou 875 horas de voo. Na batalha para salvar vidas, as missões aéreas desenvolvidas pelos militares totalizam 131 viagens, com média de deslocamento de aproximadamente 44 horas por dia. A carga transportada, entre tanques de oxigênio líquido, cilindros de oxigênio e equipamentos para o combate ao novo coronavírus, soma 927 toneladas.
Desde o dia 08 de janeiro, aeronaves da FAB realizaram 97 trajetos de apoio logístico e 34 para remoção de 340 pacientes do Amazonas para hospitais de outros unidades da federação.
Até esta quinta-feira (28), 3.918 cilindros de oxigênio foram transportados para municípios do Amazonas, sendo 1.150 por balsas. Seguiram, ainda, em aeronaves da FAB 15 usinas de produção de oxigênio, 235 tanques de oxigênio líquido e 3,1 toneladas de medicamentos.
A Marinha do Brasil enviou 47 respiradores de baixo custo ao estado. Os equipamentos doados foram desenvolvidos em parceria entre o Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP) e a Universidade de São Paulo (USP).

Por Isabela Nóbrega
Fotos: Divulgação

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Abrigo do Marinheiro (AMN) - +VOLUNTÁRIOS - Voluntárias Cisne Branco (VCB)

DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA

   Abrigo do Marinheiro (AMN) – +VOLUNTÁRIOS 
   – Você provavelmente já ouviu falar em Voluntárias Cisne Branco (VCB), não é mesmo? Talvez você associe o nome a mulheres, esposas de militares, a ações beneficentes ou, apenas, a algo que você não sabe exatamente o que é e nem a quem atende. 
   Voluntárias Cisne Branco é o nome de um departamento da Associação Abrigo do Marinheiro. Ele existe para organizar pessoas interessadas em trabalhar como voluntárias em projetos sociais do próprio Abrigo e, também, da Marinha. Homens e mulheres, civis e militares, podem ser voluntários do departamento VCB. 
   Em 2020, cerca de 20 mil pessoas foram atendidas pelos projetos do Abrigo e mais de 200 voluntários apoiaram essas ações. Aulas de música, idiomas, reforço escolar, apoio em eventos no formato drive-thru e pit stop, palestras e confecção de máscaras de proteção são algumas das atividades nas quais os voluntários trabalharam. 
   Siga o Departamento VCB nas Redes Sociais e conheça o trabalho e a dedicação desses voluntários à Família Naval. Confira também as vagas que estão abertas em todo o Brasil. Quem sabe você decide se tornar um voluntário também. Já pensou nisso?


   Extrato do BONO Nº 090 DE 26 DE JANEIRO DE 2021

domingo, 24 de janeiro de 2021

Vacina contra a COVID-19 - Nota de BONO

Foto do Blog


DIRETORIA DE SAÚDE DA MARINHA

     VACINAÇÃO 

   - O Ministério da Saúde, em coordenação com os órgãos governamentais competentes, iniciou a distribuição de doses da vacina contra a COVID-19 às Secretarias Estaduais de Saúde que, por sua vez, estão repassando aos municípios.

   De acordo com o Programa Nacional de Imunização, elaborado pelo Ministério da Saúde, foram definidos grupos prioritários para a vacinação.

   O primeiro grupo a receber a vacina é composto por profissionais de saúde, inclusive os militares envolvidos diretamente no enfrentamento à pandemia, e idosos, de acordo com a orientações das secretarias de saúde locais. 

   Dessa forma, esta Diretoria recomenda à Família Naval que, neste momento inicial, NÃO compareça às Organizações Militares Hospitalares em busca da vacina contra a COVID-19.

   Extrato do BONO Nº 080 DE 25 DE JANEIRO DE 2021

Fotos de Fuzileiros Navais (ANTIGAS)

Vale a pena ver novamente...!
Atualizada em 28/FEV/2020
Fotos antigas
(Fotos divulgação Facebook - Iran Pires)
 Da esquerda para a direita, em pé: Cesar, Escobar, Mozart, Duarte, Ribeiro e Barreto
Sentados: Pedro, Rodrigues (in memoriam), SG-Lima (Enc da Turma), Adelgizo e Lemos (in memoriam).
Turma de Formação de Sargentos (FN ES)
Eita foto antiga danada... essa eu tinha 12 anos! Você conhece alguém?
Essa  conheço. o Cmt. Ferreira (centro da foto), Capitão Borsone a sua direita, então Capitão Soares a sua esquerda e o Tenente mais antigo do mundo, assim dizia ele, A. Roberto, atrás do Cmt. Ferreira (hoje, Capitão-de-Mar-e-Guerra Ref°). Continua devendo a cerveja no "Saco Mucho". Rs.
O então cmt. Nélio cumprimentando o então Ten. A. Roberto.
Aymone e Lemos

Pai e filho, Iran Pires e Leonardo Pires.
Trinta anos depois o filho repete a imagem do pai no mesmo local, fundindo passado e presente, trazendo belas recordações, alegria e confiança no presente e futuro! PARABÉNS ao pai e ao filho, ao Iran, pelo belo exemplo que transmitiu ao filho e ao Ten (IM) Leonardo, pela escolha da Marinha do Brasil para desenvolver suas potencialidades e caráter!
AD SUMUS!
O Pai Iran e o filho Leonardo.
Tenente A. Roberto.
O que o tempo faz com agente em tenente? Digo Comandante.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Forças Armadas somam cerca de 20 horas por dia em voos de apoio ao Amazonas

Publicado em 20/01/2021 19h17
Brasília (DF), 20/01/2021 - Em 13 dias, os militares das Forças Armadas cruzaram os céus do Brasil, em média 20 horas por dia, para atender às necessidades do Estado do Amazonas, no contexto da Operação Covid-19. Desde 07 de janeiro, foram 45 viagens que somam 267 horas para levar apoio logístico ao estado da Região Norte e transferir 121 pacientes a hospitais de outras unidades da Federação.

20210120_Pacientes.jfif

Do total de 45 voos, em 32 houve o transporte de 2.686 cilindros de oxigênio, que contemplou, além da capital Manaus, municípios como Parintins, Tefé e Coari. Para chegar a algumas localidades a entrega de 1.150 cilindros ainda seguiu por balsas. Nos voos também foram transportadas 12 usinas de produção de oxigênio e mais 69 tanques de oxigênio líquido, além de aproximadamente meia tonelada de medicamentos.

ErvCxlMXYAYY47d.jpg

Em outra frente, o apoio na remoção dos pacientes para outros estados, garantiu a continuidade do tratamento com segurança. As transferências contaram com acompanhamento de profissionais de saúde. Para melhor acolher os doentes que procuram atendimento em Manaus, militares do Exército e da Aeronáutica montaram dois hospitais de campanha com total de 70 leitos disponibilizados.

Já a Marinha doou 40 respiradores do tipo “Inspire” para os pacientes amazonenses. O equipamento foi desenvolvido em parceria entre o Centro Tecnológico da Marinha de São Paulo (CTMSP) e a Universidade de São Paulo (USP).

20210120_Repiradores marinha.jpg

O apoio das Forças Armadas continua com novas iniciativas. Nesta quarta-feira (20), o Navio-Patrulha Oceânico Apa parte de Santos, em São Paulo, para Belém com um cilindro de oxigênio de 54 toneladas, o equivalente a 90 mil m³ de oxigênio líquido. Após a chegada no Pará, o cilindro seguirá para Manaus por via fluvial em uma balsa.

20210120_Navio Patrulha.jpeg

Por Isabela Nóbrega, editado por Margareth Lourenço
Fotos: Divulgação

Fonte: Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
(61) 3312-4071

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

MINISTÉRIO DA DEFESA - Destaques da Semana - 08 a 14 de janeiro de 2021

Confira os destaques da semana do Ministério da Defesa:
Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

O Abrigo do Marinheiro (AMN) oferece à Família Naval clubes que visam oferecer entretenimento e diversão.

 DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA

    Abrigo do Marinheiro (AMN) – + LAZER 

   – Responsável por 24 Áreas Recreativas, Esportivas e Sociais (ARES) distribuídas pelo país, o Abrigo do Marinheiro também oferece à Família Naval clubes que visam oferecer entretenimento e diversão. 

   Por meio de uma taxa de manutenção paga diretamente à ARES, você e sua Família podem desfrutar de um espaço para diversão, descanso e muito lazer. 

   Cabe ressaltar, ainda, que ser associado ao AMN é diferente de ser sócio de uma de suas Áreas Recreativas (ARES Casa do Marinheiro, ARES-SG e demais espaços de lazer em todos os Distritos Navais), onde há uma taxa de contribuição mensal para manutenção de suas dependências. 

   O Abrigo do Marinheiro administra essas Áreas, mas os vínculos são diferenciados. 

   Para encontrar uma ARES perto de você, visite o nosso site: www.abrigo.org.br/+lazer

   Extrato do BONO Nº 061 DE 18 DE JANEIRO DE 2021

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Abrigo do Marinheiro (AMN) – Passeios Culturais do AMN


DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA
   Abrigo do Marinheiro (AMN) – Passeios Culturais do AMN - Que tal marcar o início de 2021 com um passeio familiar e agradável pelos espaços culturais da Marinha do Brasil? 
   Vale lembrar que os referidos espaços só serão liberados após o cumprimento de todos os procedimentos, adequações e orientações sanitárias estabelecidas pelos órgãos competentes. 
   Museu Naval - situado em um prédio centenário na Rua Dom Manuel, no Centro do Rio de Janeiro, apresenta a exposição permanente “O Poder Naval na Formação do Brasil”, utilizando sete salas do pavimento térreo. Nas demais dependências do prédio são realizadas exposições temporárias. 
   Espaço Cultural da Marinha - oferece dois passeios abertos ao público em geral, sendo um pela Baía de Guanabara e outro para a Ilha Fiscal, além de diversas atividades. Como facilidades, há uma lanchonete e uma loja de souvenir. Como atrações culturais, conta com o Submarino Museu Riachuelo, o Contratorpedeiro Museu Bauru, o Helicóptero Museu Sea King, a Nau dos Descobrimentos e o carro de combate Cascavel. Como novidade, o Espaço Cultural da Marinha conta com uma nova atração, a aeronave A4 SKYHAWK. 
   O Espaço Cultural da Marinha fica localizado no Boulevard Olímpico, próximo à Pira Olímpica e à Praça XV, Centro – Rio de Janeiro – RJ. 
   Para mais informações visite o nosso site www.abrigo.org.br e clique na aba +Cultura.
   Extrato do BONO Nº 053 DE 14 DE JANEIRO DE 2021

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Militares que morreram devido a terremoto durante Missão de Paz no Haiti são relembrados pela Defesa

Publicado em 12/01/2021 19h42
Brasília (DF), 12/01/2021 - Esta terça-feira (12), marca os 11 anos de uma tragédia sem precedentes que devastou um país, o Haiti, e arrasou com sua população e a já desestruturada economia. Era fim da tarde de uma quinta-feira, quando um terremoto de magnitude 7, na escala Richter, deixou a capital Porto Príncipe coberta por imensa nuvem de poeira e um rastro de destruição no país que já era um dos mais pobres das Américas. Foram contadas mais de 200 mil pessoas que perderam a vida e 1,5 milhão de desabrigados.
O desastre causou grandes danos à cidade e a outras localidades do país, com milhares de edifícios destruídos, incluindo o Palácio Presidencial, o edifício do Parlamento e a sede da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).
O abalo sísmico de enormes proporções registrou ainda, de forma profunda, a história da MINUSTAH. No cumprimento do dever, morreram 18 militares do Exército Brasileiro. Outros quatro brasileiros também perderam a vida em consequência do desastre, entre eles a coordenadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns.

MD_NOTICIAS_20210112_NOT02_FOTO1.jpg

Entre as vítimas, estavam, os promovidos post mortem aos postos e graduações: General de Brigada Emilio Carlos Torres dos Santos; General de Brigada João Eliseu Souza Zanin; Coronel Marcus Vinícius Macedo Cysneiros; Tenente-Coronel Francisco Adolfo Vianna Martins Filho; Tenente-Coronel Marcio Guimarães Martins; Capitão Bruno Ribeiro Mário; Segundo-Tenente Raniel Batista de Camargos; Primeiro-Sargento Davi Ramos de Lima; Primeiro-Sargento Leonardo de Castro Carvalho; Segundo-Sargento Rodrigo de Souza Lima; Terceiro-Sargento Ari Dirceu Fernandes Júnior; Terceiro-Sargento Washington Luiz de Souza Seraphim; Terceiro-Sargento Douglas Pedrotti Neckel; Terceiro-Sargento Antonio José Anacleto; Terceiro-Sargento Tiago Anaya Detimermani; Terceiro-Sargento Felipe Gonçalves Júlio; Terceiro-Sargento Rodrigo Augusto da Silva; e Terceiro-Sargento Kleber da Silva Santos.
No comando da MINUSTAH desde 2004, as Forças Armadas brasileiras lideraram as ações de resgate, de assistência humanitária e de reconstrução, após o abalo sísmico, sobretudo na capital Porto Príncipe. Foram distribuídos mias de 3,5 mil toneladas de mantimentos, feitos procedimentos cirúrgicos e prestado atendimento médico a cerca de 40 mil pessoas afetadas pelo desastre.

A MINUSTAH foi criada em 2004, para conter a deflagração de uma guerra civil naquele país, e esteve sob o comando de militares brasileiros por 13 anos, alcançando, com sucesso, níveis de segurança adequados em diversas áreas, principalmente nos bairros mais violentos da capital Porto Príncipe, como Bel Air, Cité Militaire e Cité Soleil.
As tropas brasileiras deixaram definitivamente o Haiti em 15 de outubro de 2017, com todos os objetivos definidos pela ONU para o Componente Militar plenamente alcançados.

Por Comandante Cleber Ribeiro, com informações do Exército Brasileiro
Fotos: Divulgação/Forças Armadas

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
(61) 3312-4071

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

JOVENS GÊNIOS DO AMN NO ADOLESCER+


MARINHA DO BRASIL 
DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA MARINHA 
   Abrigo do Marinheiro (AMN) – JOVENS GÊNIOS DO AMN NO ADOLESCER+ 
   - A primeira grande novidade nos Projetos Sociais do AMN para 2021 fica por conta da disponibilização da plataforma JOVENS GÊNIOS, a nova atividade do Projeto Social Adolescer+. Oferecido pelo AMN de forma gratuita à Família Naval, o aplicativo trabalha a evolução acadêmica do jovem por meio da gamificação e a competição saudável e é voltado à crianças e adolescentes que estejam no Ensino Fundamental II (Sexto ao nono ano). 
Por meio de desafios, os alunos participam de um ranking com direito a pontuação e medalhas em um universo de inteligência artificial que trabalha potencializando os pontos fortes e treinando pontos fracos de disciplinas como português, matemática, geografia, história, ciências e inglês, Projeto de Vida, Robótica Digital e a Plataforma de Avaliação Gamificada. 
   As soluções digitais do JOVENS GÊNIOS já transformaram diversas escolas por meio de diferentes modos de aula onde 83% dos alunos ampliaram em até 2,0 pontos suas médias escolares. E agora, o método chega à Família Naval bonificado com a idealização de uma Olimpíada Nacional para ainda este ano. Cada participante terá a chance de representar seu Departamento Regional e concorrer a prêmios de verdade. 
   A utilização da plataforma pode ser feita por celular, computador e tablet. Não perca essa oportunidade! As vagas são limitadas e devem ser feitas pelos associados ao AMN pelo link abaixo: 
   No dia 01FEV21, às 18h, pais e alunos inscritos serão convidados para uma reunião em live com coordenadores da plataforma e assistentes sociais do AMN pelo canal do Abrigo no YouTube. Esteja conectado!

    Extrato do BONO BONO Especial Nº 031 de 11/JAN/2021. 
   Visite a página www.marinha.mil.br, onde poderão ser conhecidas as atividades desenvolvidas pela Marinha do Brasil.

NAÇÃO NORDESTINA - Quanto mais sou nordestino, mais sinto vontade de ser!

O NORDESTE é perfeito
na sua simplicidade
não há quem sinta saudade
com emoção do seu jeito.
Quanto mais o preconceito
de outra terra lhe ofender,
mais há de fortalecer,
seu coração Genuíno.
QUANTO MAIS SOU NORDESTINO
MAIS SINTO ORGULHO DE SER."

     Poeta Zé Adalberto

sábado, 9 de janeiro de 2021

Fortaleza de São José recebe pela primeira vez imagem peregrina do Padroeiro da cidade


No período em que se celebram os 150 anos da declaração de São José como Padroeiro da Igreja Católica, a Fortaleza de São José da Ilha das Cobras (FSJ) recebeu em 8 de janeiro, pela primeira vez, a imagem peregrina de São Sebastião, Padroeiro da Arquidiocese e da cidade do Rio de Janeiro.
Conduzida pelo Cardeal Arcebispo Dom Orani Tempesta, a imagem foi posicionada no pátio interno da FSJ, onde o Cardeal realizou uma celebração e pediu bençãos ao Padroeiro diante dos presentes. “Este é um ano diferente mas, da mesma forma, significativo. Que possamos não apenas voltar à vida normal de antes, mas voltar melhores, fazendo o bem, partilhando e nos preocupando uns com os outros. Que esse voltar à normalidade não signifique a volta do egoísmo, da maldade, da exploração e da intolerância que tínhamos antes”, afirmou Dom Orani.
O Cardeal foi recepcionado pelo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Paulo Martino Zuccaro, que destacou a importância da ocasião. “Estamos na iminência das comemorações do Dia de São Sebastião e nos sentimos muito agradecidos por termos esse evento ocorrendo na Fortaleza, como parte de um roteiro que certamente acabou sendo impactado pela pandemia. Mas estamos na luta, fazendo a nossa parte para contermos, na medida do possível, sua expansão, torcendo por dias melhores”, pontuou o Comandante-Geral.
Participaram ainda da celebração o Comandante do Material de Fuzileiros Navais, Contra-Almirante (FN) Renato Rangel Ferreira, representantes das capelanias militares do Exército Brasileiro (EB), da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), além de militares que servem na própria FSJ.

Nota de Falecimento - Monsenhor Tércio

Foto linha do tempo

     Com pesar comunico o falecimento do Mons. Ausônio TERCIO de Araújo aos 85 anos, na Clínica São Lucas em Natal/RN, onde se encontrava internado com problemas de saúde e, recentemente foi contaminado com o coronavírus, o que agravou seu estado clínico.

   O saudoso Mons. Tércio era natural de Currais Novos/RN, mas tornou-se um ícone na Igreja Católica em Caicó/RN, onde assumiu diversas funções.

   Veja abaixo a nota da Diocese de Caicó.

     Rogamos a Nossa Senhora de Sant’Ana Padroeira da Querida Caicó, que o acolha com Honras e Glórias em sua Morada Eterna.

     SEGURA NA MÃO DE DEUS E VAI...!

     Por Lucio Lucena.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Piada do Dia: A Orelha do General

   Um jovem oficial do exército sofreu um terrível acidente de carro, mas graças às habilidades dos médicos e funcionários do hospital, a única lesão permanente foi a perda de uma orelha. Como o oficial não foi prejudicado fisicamente além disso, permaneceu no serviço militar e, um dia, tornou-se general. No entanto, durante sua carreira, sempre foi sensível quanto à sua aparência. 
Um dia, o general estava entrevistando três soldados para o cargo de seu assistente pessoal. O primeiro foi muito bem na entrevista, e o general resolveu fazer uma última pergunta: "Você percebeu alguma coisa diferente em mim?" 
"Sim", respondeu o soldado. "Não pude deixar de notar que você não tem a orelha esquerda, imagino que isso afete a sua audição nesse lado." 
O general ficou muito zangado com tal falta de tato e mandou o soldado sair de seu escritório. Para o próximo candidato, resolveu fazer a mesma pergunta: "Você percebeu alguma coisa diferente em mim?" 
 E o soldado respondeu: "Bem, sim, dá para ver que você não tem uma orelha". O general o mandou embora também. A terceira entrevista foi ótima. O soldado era articulado, extremamente afiado, e parecia saber mais do que os outros dois juntos. O general estava prestes a contratá-lo, mas resolveu antes fazer a mesma pergunta. "Você percebeu alguma coisa diferente em mim?" 
Para sua surpresa, o soldado: "Sim, você usa lentes de contato". O general ficou impressionado e pensou que, com uma percepção dessas, esse seria um dos melhores soldados do exército! "E como você sabe disso?", perguntou o general. 
E o soldado respondeu: "Bem, senhor, é que seria muito difícil usar óculos tendo uma orelha só!"

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Nota de Falecimento - Suboficial Fuzileiro Naval Alberto Ribas

     Com muita tristeza, comunico o Falecimento do SUBOFICIAL (Refo-FN-IF), ALBERTO RIBAS (Irmão do Ribas Pantaneiro) ocorrido na noite desta quarta-feira 6/JAN/2021, no Hospital Naval Marcilio Dias (HNMD) onde se encontrava internado, vítima do COVID-19.

     No momento não tenho informação quanto ao Evento Fúnebre.

     O Saudoso ALBERTO RIBAS fez o Curso de Formação de Sargento (C-FSG), em 1982, juntamente com minha turma. Como pessoa, um excelente amigo, como militar, altamente competente, muito contribuiu com a grandeza do nosso Glorioso Corpo de Fuzileiros Navais.  

     Deixo aqui registrado sinceras condolências em nome da Associação Esportiva Saco e Maca (AESM), do Clube Beneficente dos Sargentos da Marinha (CBSM), em meu nome pessoal e de minha família aos familiares e amigos do saudoso ALBERTO RIBAS.

     Que o Bom Deus com sua infinita misericórdia acolha sua alma com Honras e Glórias no Batalhão da Eternidade e conceda conforto aos seus familiares e amigos nessas horas de transição e dor.

     Segura na mão de Deus e vai...!

     Por Lucio Lucena.

     Membro Efetivo da Mesa Diretora do CDC/AVCFN

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Alistamento Militar prossegue até 30 de junho

          Brasília (DF), 05/01/2021 
     – Estão abertas as inscrições para o alistamento militar obrigatório para os jovens brasileiros do sexo masculino que completam 18 anos durante o ano de 2021. O prazo iniciou em 1º de janeiro e vai até 30 de junho, no site www.alistamento.eb.mil.br.
     Para a inscrição online, é necessário ter em mãos: CPF, carteira de identidade, comprovante de endereço com CEP, endereço de e-mail e telefone. Após preencher o formulário, o candidato pode acompanhar os próximos passos no mesmo site. O acesso é feito com o número do CPF e a senha criada no momento do cadastro.
     Comparecimento presencial 
     Quem não tem acesso à internet deve dirigir-se à Junta de Serviço Militar (JMS) mais próxima de sua residência. Nesse caso, o jovem deve apresentar certidão de nascimento ou prova equivalente e comprovante de residência ou declaração firmada por ele. O funcionamento das JMS fica a critério de cada prefeitura municipal.
     Porém, há casos em que o alistamento só pode ser feito presencialmente. Se o rapaz for o único responsável pelo sustento da família, deve apresentar requerimento de dispensa de incorporação e documentos que comprovem sua condição de arrimo. Se for portador de necessidade especial física aparente, entregará requerimento solicitando isenção do serviço militar e atestado médico com diagnóstico de incapacidade e o respectivo CID, que é a Classificação Internacional de Doenças. Se por incapacidade absoluta não puder apresentar-se, pode ser representado por tutor ou curador.
     Se o jovem desejar alistar-se com nome social, deve ir à junta militar com certidão de nascimento ou equivalente, comprovante de residência, documento oficial com foto, tais como: carteira de identidade, de trabalho, profissional ou passaporte e requerimento para uso de nome social. Para quem mora no exterior, é necessário dirigir-se à repartição consular com certidão de nascimento, comprovante de residência e documento oficial com foto.
     Etapas
     A seleção para ingresso nas Forças Armadas ocorre de 1º de julho a 28 de outubro. O processo é dividido em etapas. Os candidatos passam por testes de conhecimentos gerais, exames médicos e psicotécnicos. Em seguida, podem ser incorporados ou dispensados do serviço militar. A prestação de serviço militar tem duração de 12 meses, prazo este que pode ter redução de dois meses ou estendido em mais seis meses.
     Se é dispensado, o jovem recebe o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI). Ele participa de uma cerimônia onde se compromete a se apresentar futuramente, caso seja necessário.
     Obrigatoriedade
     O Coordenador da Seção de Serviço Militar do Ministério da Defesa, Coronel Márcio Limieri, destaca que a Lei 4.375, de 1964, torna obrigatório o serviço militar para jovens do sexo masculino. Ele reforça que a não obediência à lei resulta em sanções. “Perda do direito de obtenção e renovação de passaporte, de matrícula em estabelecimento de ensino, de expedição da carteira de trabalho ou inscrição em concursos públicos, entre outros impedimentos”, pontuou. 
     Entre os jovens que farão a inscrição, está o estudante Patrick Aguiar, 17 anos, morador de Samambaia, no Distrito Federal. Ele está na esperança de ser convocado. “Seria uma honra ter a oportunidade de servir. Além disso, teria uma renda para auxiliar minha família”, disse o rapaz.
     Em 2020, aproximadamente 1,2 milhão de jovens alistaram-se. Desses, aproximadamente 70 mil foram incorporados em organizações militares da Marinha, do Exército ou da Aeronáutica. Para 2021, a expectativa é receber 1,4 milhão de inscrições. 

     Por Mariana Alvarenga, editado por Margareth Lourenço
     Fotos: Divulgação MD

      Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
     Ministério da Defesa
     (61) 3312-4071

     Fonte: Ministério da Defesa

Núcleo de Atendimento ao Idoso na Marinha (NAIM)

     Postagem de 13/ABR/2020. Atual. 5/JAN/2021
     Vale a pena ver novamente!
     A expectativa de vida aumenta cada vez mais. O perfil de pessoas com idade a partir de 60 anos é diferente das gerações passadas. Hoje, grande parte deste grupo é mais saudável, ativo e independente.
     No entanto, existem pessoas que precisam de uma atenção maior, devido a algum problema de saúde. Para atendê-las, a Marinha criou o Núcleo de Atendimento ao Idoso na Marinha - NAIM.
     O NAIM é formado por uma equipe de profissionais (médico, enfermeiro, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo) especializados na saúde do idoso. De forma integrada, o serviço proporciona qualidade vida, previne e trata doenças que surgem nessa fase da vida.

     Como fazer parte do NAIM?

     Se você tem 60 anos ou mais, e acha que sua saúde está frágil ou apresenta algum problema específico, procure o Serviço de Medicina Integral (SMI) da Policlínica mais próxima da sua casa ou converse com seu médico. Você será avaliado e, caso seja necessário, será encaminhado ao NAIM.
Clique AQUI e continue lendo no SAÚDE NAVAL.

domingo, 3 de janeiro de 2021

ÁGUA COM LIMÃO EM JEJUM FAZ BEM?


   Antes de começar a tomar água com limão todos os dias pela manhã, você precisa entender como funciona o seu estômago. Neste vídeo, Dr. Samuel Dalle Laste mostra quais os benefícios de tomar água com limão em jejum e o seu poder antioxidante da Vitamina C no tratamento de doenças como: pedra nos rins, anemia e etc...